Prisões: foram apreendidos cerca de 5 telemóveis por dia em 2018

Continuam a entrar nas prisões portuguesas telemóveis, droga, seringas e até objetos de grandes dimensões, como por exemplo, fornos. Os guardas prisionais dizem-se poucos para fazer revistas rigorosas, afirmam ainda que há períodos em que estão 20 guardas para cerca de 800 reclusos no Estabelecimento Prisional de Lisboa. A direção-geral de serviços prisionais tem contas diferentes e diz que em Portugal há três reclusos para cada guarda