Professores em "guerra" com Governo

Depois de quatro dias de greve dos professores, o Governo aprovou a proposta de devolver dois anos, 9 meses e 18 dias do tempo em que as carreiras estiveram congeladas. Esta medida não agradou aos docentes que prometem guerra.