Protesto dos funcionários judiciais na abertura do ano judicial

Ao mesmo tempo que decorria a cerimónia de abertura do ano judicial, fora do Supremo Tribunal de Justiça estiveram concentrados cerca de 3 mil funcionários judiciais em protesto. Marcelo Rebelo de Sousa chegou a ir cumprimentar os manifestantes, que prometem mais greves para este ano.