Quase metade dos portugueses apresenta excesso de peso

A obesidade é considerada pela Organização Mundial de Saúde como a epidemia do século XXI. É, depois do tabagismo, a segunda causa de morte passível de prevenção. Uma doença que não escolhe género nem raça nem idade, mas com prevalência nos países desenvolvidos. Em Portugal, quase metade da população apresenta excesso de peso e perto de um milhão de adultos sofre de obesidade. Mesmo para quem quer, combater o peso nem sempre é fácil e muitos passam pela frustração de saltar de dieta em dieta sem ver resultados. A cirurgia vem quase sempre como última opção e é ainda vista com preconceito. No dia mundial da obesidade, o Dr. Carlos Vaz, coordenador da Unidade de Cirurgia Robótica da CUF, esteve no Diário da Manhã para falar sobre a doença.

Sobre "Diário da Manhã"