Quatro mortos e um ferido grave em naufrágio na Figueira da Foz

O alerta foi dado pelo único sobrevivente. Pedro Santana Lopes, presidente da Câmara da Figueira da Foz, garantiu que os meios de auxílio responderam "com rapidez", mas que "nada havia a fazer". À hora do acidente, as condições de navegabilidade era difíceis, devido ao intenso nevoeiro e ao mar agitado.

Sobre "Jornal da Uma"