Relação aponta falhas e critica investigação do MP no caso E-Toupeira

O acórdão, a que a TVI teve acesso, sublinha que "em parte alguma do inquérito se conclui que os corpos sociais da Benfica SAD concordaram ou anuíram à conduta" do ex-assessor jurídico e arguido, Paulo Gonçalves.