Repórter TVI: os portugueses que também fizeram o Maio de 68

Há 50 anos, em Maio de 1968, Paris era a segunda cidade portuguesa, a seguir a Lisboa. Ali viviam mais de um milhão de portugueses, trabalhadores fugidos à miséria em Portugal, e muitos também à guerra colonial.

Em Maio de 68, muitos destes portugueses, os mais politizados, entraram e agiram nas grandes manifestações de protesto que mudaram as mentalidades de milhões de pessoas em todo o mundo.

Um deles era o dramaturgo e encenador Hélder Costa, fugido à PIDE, a polícia política portuguesa, e que foi participante activo nos protestos da Sorbonne e do Quartier Latin.

Os repórteres da TVI regressaram a Paris para contar a história daqueles dias e que se revelaram autênticas "Pedradas no Charco".