Rogério Alves concorda com decisão de libertar Guichard: "Tribunal fez o que tinha de fazer"

Rogério Alves concorda com a decisão da libertação de Paulo Guichard. O advogado diz que compreende a perplexidade dos portugueses com a fuga de João Rendeiro, mas diz que esse caso não pode influenciar o sistema judicial e que a lei tem que ser cumprida

Sobre "Jornal das 8"