SAD do Benfica é arguida no e-toupeira mas vai impugnar

Sociedade que gere o futebol do SL Benfica assume ter sido constituída arguida no processo que investiga divulgação de documentos e violação do segredo de justiça, mas considera que a decisão do Ministério Público é "Ilegal e inconstitucional"