Santuário de Fátima: reitor ganha mais de seis vezes e meia o valor do salário mínimo

O aumento de custos com pessoal terá sido um dos fatores que provocou maior desiquilíbrio nas contas do santuário de Fátima e que obrigou aos despedimentos.

Os padres dirigentes passaram a ter ordenados muito superiores a qualquer outro clérigo da diocese de Leiria-Fátima.

A medida permitiu salários mais elevados para os quadros intermédios.

Sobre "Jornal das 8"