Secundária João de Barros: alunos, pais e professores prometem mais ações de protesto

Mais de 600 pessoas, entre pais, alunos e professores, exigiram esta manhã a conclusão das obras que duram há dez anos na Escola Secundária João de Barros, no Seixal, e alertaram para a presença de amianto e para a falta de funcionários.

A jornalista da TVI Carolina Brás acompanhou a marcha pelas ruas de Corroios.