"Sem Misericórdia": Santa Casa de Ponta Delgada só reagiu à terceira insistência

Após duas cartas, só à terceira o provedor da Santa Casa de Ponta Delgada, José Francisco Gonçalves Silva, resolveu dizer de sua justiça sobre o que se passa na instituição, segundo o qual, "apresenta percentagens normais, com uma taxa de mortalidade de 15%" entre os seus utentes