Ana, babysitter que viveu em casa do Bispo Macedo, lamenta que ao final de mais de 20 o processo esteja exatamente como estava no início