Sousa Cintra chamado como testemunha de arguido que diz desconhecer

Sousa Cintra foi esta sexta-feira chamado a depor, enquanto testemunha abonatória de um dos arguidos, no julgamento do ataque à Academia de Alcochete.

O antigo presidente do Sporting garantiu que enquanto esteve no comando do clube teve sempre uma boa relação com as claques, e deixou críticas ao atual presidente.

 

Sobre "Jornal da Uma"