Suspeita de homicídio no SEF: “É uma vergonha”

O Ministro da Administração Interna confirma que a suspeita de homicídio, que recai sobre três inspetores do SEF, está sob investigação judicial. Eduardo Cabrita garante ainda que vai haver mudanças profundas na autoridade responsável pelo controlo fronteiriço.

Sobre "Notícias"