Suspeito de balear segurança terá fugido a pé pela linha do comboio

Nuno Cardoso, de 42 anos, foi baleado à porta da discoteca "Barrio Latino" quando saía do trabalho. A PJ tomou conta da investigação