Tancos: ex-diretor da PJM diz que apenas deu instruções para recuperar armas

O ex-diretor da Polícia Judiciária Militar foi interrogado, esta terça-feira, sobre o processo do caso de Tancos. O Coronel Luís Vieira admite ter avançado com uma investigação paralela, mas garante que não deu qualquer instrução para que a recuperação das armas fosse encenada.

Sobre "Jornal das 8"