Tancos: procuradores do MP e diretor da PJ ouvidos como testemunhas

Na instrução do caso Tancos, há novos testemunhos contraditórios. Dois procuradores do Ministério Público e o diretor da PJ foram ouvidos, esta quarta-feira, depois de terem sido chamados como testemunhas de um coronel da GNR.

Sobre "Jornal da Uma"