"Temos de comprovar se o vestígio é algo palpável que tenha interesse para a investigação"

O perito que, inesperadamente, encontrou esta sexta-feira um projétil na casa de Rosa Grilo, acusada do homicídio do marido, conta que foi contratado como consultor pela defesa da viúva do triatleta. 

João de Sousa trabalhou na PJ e trabalha agora como perito independente. 

Sobre "Notícias"