Ter, ou não, um AVC depende muito de si

No Dia Mundial do AVC, Amélia Pinto, neurologista do Hospital Fernando Fonseca, explica no “Diário da Manhã”, que se trata de “uma doença evitável” através de comportamentos de vida mais saudáveis e de uma medicina mais preventiva

Sobre "Diário da Manhã"