Têxtil Prisma Paraíso despede funcionárias depois das férias

Em Oliveira de Azeméis, 70 trabalhadoras da empresa têxtil Prima Paraíso foram despedidas quando regressaram de férias.

As funcionárias foram surpreendias por uma carta de despedimento fixada na porta do edifício.

Sobre "Jornal das 8"