Transporte das armas furtadas de Tancos foi feito em viaturas do Estado

A acusação do caso Tancos já está finalizada e os arguidos começam a ser notificados nesta quinta-feira, de manhã. Azeredo Lopes, ex-ministro da Defesa, é um dos acusados.

A TVI apurou que o transporte das armas furtadas foi feito em viaturas do Estado, desde o local onde os assaltantes as guardavam até ao terreno na Chamusca.

Já a trabalhar no plano da encenação para recuperar o armamento, a Polícia Judiciária Militar requisitou uma carrinha do Estado e forjou uma investigação com a GNR de Loulé, cujos elementos participaram neste transporte.

Sobre "Jornal das 8"