UGT: “O Governo deu um mau exemplo quando autorizou 27 mil pessoas em Portimão”

Carlos Silva, secretário-geral da UGT, culpou o Governo de ter aberto um precedente quando permitiu que 27 mil pessoas assistissem ao Grande Prémio de Fórmula 1, em Portimão.

O secretário-geral disse que alertou o Executivo para a falta de preparação das medidas que estão a ser implementadas, mas aplaude a implementação do teletrabalho obrigatório.

Sobre "Notícias"