Vacinas Covid-19: "Nós ainda não sabemos se a exposição aos anticorpos protege da infeção"

A Rússia aprovou a primeira vacina contra a Covid-19. O anúncio foi feito pelo presidente Vladimir Putin, que espera começar a distribuí-la a 1 de janeiro do próximo ano.

Luís Graça, imonulogista e professor da Faculdade de Medicina de Lisboa, analisou, esta terça-feira, no Jornal da Uma, os novos avanços na busca de uma vacina para a Covid-19.

Sobre "Jornal da Uma"