Vítima de padre chileno terá escrito carta ao Papa

Uma investigação da agência Associated Press revela que o Papa Francisco poderá ter mentido  quando disse que não tinha recebido nenhuma queixa concreta de vítimas de um padre pedófilo chileno. Um escândalo de pedolifia na igreja chilena voltou a saltar para as notícias quando Francisco visitou o Chile. Agora, a agência AP publica a carta de uma vítima que foi entregue no Vaticano, com a garantia de que iria ser dada em mão ao Papa.