Viúva do homem morto nas instalações SEF só soube que vai indemnizada através da TVI

Oksana Homeniuck é a viúva do cidadão ucraniano que foi morto nas instalações do SEF, no Aeroporto de Lisboa, há nove meses.

A mulher mostra-se revoltada pela demora do Estado português e reitera que não se sente segura para viajar para Portugal.

Sobre "Jornal da Uma"