"Vou à procura da minha filha"

Leonor Cipriano, condenada pelo homicídio da filha Joana, saiu em liberdade condicional nesta quinta-feira, após cumprir cinco sextos de uma pena de 16 anos e oito meses. Em entrevista exclusiva à TVI reafirmou a sua inocência.