Tancos: "Houve ordens para não haver rondas antes do assalto", diz ex-investigador

O primeiro inspetor da Polícia Judiciária Militar do assalto a Tancos, João Bengalinha, afirma que não houve ordem para não se fazerem rondas na noite do furto das armas de guerra.