Um grupo de investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa descobriu uma anomalia na crosta terrestre, ao largo da costa portuguesa, que pode explicar a ocorrência de sismos violentos, como os de 1755 ou o de 1969.