"Stay Away Covid": afinal a aplicação de rastreio não é totalmente segura

A aplicação portuguesa que está a ser desenvolvida para rastrear as pessoas que estiveram em contacto com um infetado não é totalmente segura.

A Comissão Nacional de Proteção de Dados deixa elogios à plataforma, mas também pede mais garantias.

Sobre "Jornal da Uma"