Termo de identidade e residência para autor de empurrão a adepto do Benfica

Ficou sujeito a termo de identidade e residência o homem que agrediu um adepto do Benfica no jogo amigável com a Académica de Coimbra, no sábado. O arguido foi esta terça-feira a tribunal e alegou não ter tido qualquer intenção de magoar o adepto como nos conta a jornalista Ana Bartolomeu Simões que acompanhou o caso no DIAP de Coimbra.