“Tínhamos de fazer aquilo que ele [o patrão] queria”

Carlos foi ameaçado de morte pelo patrão português e relatou várias situações agressivas contra outros funcionários. O emigrante realçou que viveu 19 anos em França e conhece bem as leis laborais do país.

Sobre "Ana Leal"