Tomada de posse do novo Governo pode já não acontecer na próxima quarta-feira

João Tiago Machado, o porta-voz do CNE, falou em direto à TVI sobre as consequências do pedido do PSD ao Tribunal Constitucional para que exista uma revisão da contagem dos votos da emigração. 

Machado afirma que a existência de um recurso implica que o mapa oficial não seja aplicado esta sexta-feira, como era previsto, sendo necessária a aprovação do Tribunal Constitucional.

Machado adiantou que a tomada de posse do novo executivo, prevista para a próxima quarta-feira, pode estar em causa, dependendo da decisão final do Tribunal Constitucional.

Sobre "Notícias"