Trabalhadora obrigada a estar três dias de pé em frente de loja

 

Uma funcionária terá estado três dias na entrada da loja onde trabalha, quase sempre de pé e sem qualquer função atribuída. A denúncia partiu de clientes e o sindicato acusa a gerência de um "castigo inaceitável".

Sobre "Jornal da Uma"