Três anos de prisão por causar lesões cerebrais ao filho de um mês

O juízo Central Criminal do Porto condenou esta sexta-feira a três anos de prisão, a cumprir em casa sob vigilância electrónica, uma mulher de Vila Nova de Famalicão que maltratou o seu filho com um mês de idade, causando-lhe graves lesões cerebrais.

Sobre "Jornal da Uma"