Tribunal ordena libertação de estrangeiras em quarentena obrigatória nos Açores

O tribunal dos Açores ordenou a libertação de duas cidadãs estrangeiras que foram obrigadas a ficar em quarentena por terem estado perto de uma pessoa infetada num avião. Uma delas é menor e as duas ficaram retidas num hotel desde o dia 9 de agosto.
 

Sobre "Jornal das 8"