Trump alega "crise de segurança" para defender muro na fronteira do México

Grande expectativa nos Estados Unidos para a comunicação de Donald Trump ao país, no meio de uma guerra aberta em torno do muro para a fronteira do México e de um governo federal parcialmente fechado há já 18 dias. Segundo o vice-presidente, Trump vai explicar que há uma crise de segurança nacional na fronteira sul, e pode declarar uma emergência, para tentar financiar a construção do muro sem depender do parlamento. Os democratas, que se opõem totalmente ao muro, avisam que o discurso do presidente deve estar cheio de malícia e desinformação.