"Tudo na Suíça é demasiado caro". Salário mínimo de 3.800 euros permite apenas "sobreviver"

Em Genebra, na Suíça, foi aprovado, em referendo, um salário mínimo que ronda os 3.800 euros.

É o salário mínimo mais elevado do mundo e surge numa região onde os níveis de pobreza estavam a crescer por causa da pandemia.

Sobre "Jornal das 8"