Uber subornou hackers para abafar escândalo

A Uber roubou os dados pessoais de 57 milhões de colaboradores e clientes e subornou piratas informáticos para abafar o escândalo.