UE desiste da AstraZeneca e opta por "vacinas mais eficazes contra variantes"

A União Europeia não renovou o contrato com o laboratório anglo-sueco para o fornecimento de vacinas da AstraZeneca. O contrato atual termina em junho e não terá continuação.

Sobre "Jornal das 8"