Um dos suspeitos da morte de Mota Jr. continua no Reino Unido

 

O jornalista Luís Varela de Almeida está a acompanhar a primeira apresentação à justiça do suspeito da morte do rapper Mota Jr. 

O interrogatório ao suspeito começou por volta das 14:45 horas, mas ainda não há informação sobre as medidas de coação.

O suspeito pode enfrentar a pena de prisão preventiva por estarem em causa indícios de homicídio, rapto e roubo.

Sobre "Notícias"