O animal avistado na Sibéria estava à procura de comida. Este comportamento dos ursos polares é cada vez mais frequente, uma vez que o Ártico está mais quente e escasseiam os alimentos