Vacina da AstraZeneca: em Portugal, só houve duas reações adversas ligeiras

Está suspensa em Portugal a administração da vacina da Astrazeneca, o que vai atrasar em pelo menos duas semanas o plano de vacinação.
A decisão da DGS e do Infarmed acompanha a de outros países da União Europeia, depois de terem sido reportados casos de coágulos sanguíneos.
Em Portugal registaram-se dois casos, ligeiros, em 400 mil doses já administradas.
Os especialistas garantem que a vacina é segura, a decisão de suspender por algum tempo é sobretudo política.