Vacinação: task-force quer atribuir número de saúde a imigrantes não legalizados

O vice-almirante Gouveia e Melo anunciou que está a ser estudada a forma de vacinar os imigrantes não legalizado.

O objetivo passa por atribuir um número de saúde a estes imigrantes.

Questionado sobre se existe stock de vacinas para este processo, o coordenador da task-force para a vacinação garantiu que sim. 

Sobre "Notícias"