Vacinas: decisão de dar terceira dose nos Açores coloca "pressão" sobre a DGS

O antigo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, critica o facto de a região autónoma dos Açores ter decidido administrar a terceira dose da vacina, antes de a DGS anunciar que essa é a melhor decisão. "Fica agora sobre a Direção Geral de Saúde uma responsabilidade enorme de tomar uma posição em tempo adequado porque o outono está aí e naturalmente a DGS é entidade nacional com a responsabilidade adequada e com os instrumentos para se pronunciar sobre essa necessidade [de uma terceira dose].

 

Sobre "O Dilema"