Variante sul-africana "finta" vacina da Astrazeneca

A vacina produzida pela Astrazeneca e pela Universidade de Oxford tem uma eficácia de apenas 10 por cento contra a variante sul-africana.

É pelo menos isso o que sugere um ensaio da universidade de Oxford e de uma universidade da África do Sul em relação a casos leves ou moderados de infeção.

Este é um estudo ainda sem revisão de pares, mas foi suficiente para o governo sul-africano suspender os planos que tinha para começar a adminstrar esta vacina.

Sobre "Jornal das 8"