Vieira garantiu que ia falar com a família e decidir o seu futuro

Luís Filipe Vieira revelou esta segunda-feira que Bruno Lage colocou o lugar à disposição no final da derrota do Benfica ante o Marítimo, para a 29.ª jornada da Liga.

«Não deixem voltar um pouco do passado Benfica. Fazer o que fizemos nestes últimos 20 anos é muito difícil. Sou o único culpado. Entretanto quero dizer-vos que o nosso treinador Bruno Lage dirigiu-se a mim com uma grande elevação e disse-me: ‘Presidente, o meu lugar está à disposição, entendo que neste momento as coisas não são boas para o Benfica. Não quer dizer que não tenha capacidade para dar a volta. Parece que toda a gente quer que me vá embora. E se aceitarem, a partir de amanhã não serei treinador do Benfica'», disse Vieira.