«Vim ganhar menos dinheiro: vim para vencer e unir os benfiquistas»

Jorge Jesus confessou na apresentação como treinador do Benfica que o presidente Luís Filipe Vieira lhe propôs assinar por quatro anos e que ele respondeu que não, que só queria assinar por um ano. No fim acertaram um contrato por dois anos, num sinal, garante Jorge Jesus, que ele não quer fazer dinheiro no Benfica: quer, sim, ser feliz.