Violação em Gijón: portugueses inquiridos separadamente mantêm a mesma versão

Em Espanha, o caso que envolve quatro portugueses suspeitos de violarem duas jovens, em Gijón, continua na ordem do dia. Sabe-se agora que as famílias dos arguidos detidos não os podem visitar devido ao protocolo pandémico que vigora nos estabelecimentos prisionais espanhóis.

Sobre "Jornal 24"