Violência doméstica: "O que nós queremos são sentenças justas"

"Nem mais uma!" a frase foi repetida em Lisboa, no Porto e em Coimbra, na marcha organizada pelo movimento "Nós Por Elas" contra a violência doméstica. Desde o início do ano, já morreram 12 mulheres. Quem saiu à rua quis apelar à denúncia e lembrar que este é um problema quis diz respeito a todos

Sobre "Notícias"